Uma questão polêmica é entre as sociedades ocidentais é o fato de os padres da Igreja Católica Apostólica Romana não poderem casar.

Em uma história de maneira aparente e pitorescamente contraditória, um padre foi interrogado acerca do casamento. Situação que parece um pouco inconveniente, pelo menos considerando do ponto de vista da lógica e já que a maioria dos padres nunca casou, o que eles poderiam saber sobre o casamento? Contudo, a resposta desse específico padre e em partes muito boa, foi:

– Se você deseja ser feliz, então não case. Mas se você deseja fazer a outra pessoa feliz, então case.

Após ouvir essa história, refleti várias vezes e talvez pudesse ser um pouco diferente:

Se você não deseja compartilhar dos momentos de crise da outra pessoa. Então não case. Mas se você deseja contribuir com a felicidade da outra pessoa e ajudando inclusive nos momentos de crise, então case e se fazendo isso você se sente feliz, então você encontrará a felicidade.

E assim sendo, a resposta do padre poderia ser: …Mas se você deseja fazer a outra pessoa feliz e fazendo isso você encontra a felicidade, então case.

Essas lições servem para todas as áreas da vida.

Na vida profissional, por exemplo, tanto as pessoas quanto as organizações, em que as pessoas estão inseridas, possuem problemas e momentos de crise e cabe ao gestor encontrar meios de canalizar os momentos de crise ou dificuldades em direção aos melhores resultados e ao sucesso.

O contrário disso é o processo de gestão manipulador que visa usar as pessoas para alcançar interesses de um gestor egocêntrico.

Sabe-se que é possível enganar algumas pessoas por algum tempo, há muitos por muito tempo, mas não a todos por todo tempo. Sendo assim, esses atos constituem por si só, um fracasso, considerando as ações de curto, médio e longo prazo, sendo melhor a ajuda recíproca e um verdadeiro trabalho de sinergia em equipe.

Uma vez que, todas as pessoas estão em busca de outras pessoas que possam ajudá-las a ser feliz, a dica para as relações interpessoais é contribuir com a felicidade dos outros; pois assim, estará construindo para os outros e para si mesmo os valores que serão seus maiores tesouros e muitos amigos que valerão mais do que dinheiro. Então bastará apenas, um projeto construído sob o conceito de valores e uma excelente gestão, para desenvolver os melhores e mais lucrativos resultados. Lembrando sempre, que o dinheiro não compra valores, mas os valores certamente atraem dinheiro.

Anúncios